Autotest VIH® Mylan

O autotest VIH® Mylan

O autotest VIH® é uma análise que deteta anticorpos no sangue humano produzidos após infeção pelo VIH (o vírus responsável pela SIDA) a partir de uma gota de sangue retirada da ponta do dedo.

Tudo o que precisa saber sobre como usar o autotest VIH® e qual o procedimento mediante o resultado.

Vídeo com instruções passo a passo sobre como fazer o teste. Consulte o vídeo abaixo:

Loading the player...

Autotest VIH® Mylan

O autotest VIH® é um teste de deteção de VIH (o vírus responsável pela SIDA) a partir de uma gota de sangue retirada da ponta do dedo. É um teste de diagnóstico in vitro de utilização única, fiável para a deteção de uma infeção VIH se esta tiver ocorrido há pelo menos 3 meses e está pensado para ser utilizado por qualquer pessoa num ambiente privado.

Sensibilidade*: a sensibilidade deste teste foi calculada em 100% com um intervalo de confiança de 99,1% a 100%. Todas as pessoas seropositivas deste estudo foram corretamente detetadas. Não se observaram falsos negativos.**

Especificidade*: a especificidade deste teste foi calculada em 99,8% com um intervalo de confiança de 99,5% a 100% . 0,2% das pessoas seronegativas foram incorretamente detetadas i.e. 0,2% dos resultados foram falsos positivos.***

Fiabilidade: um estudo sobre a viabilidade do manuseamento deste teste por pessoas comuns demonstrou que mais de 99,2% dos participantes obtiveram um resultado interpretável e mais de 98,1% interpretaram devidamente o resultado. Os resultados positivos foram bem interpretados em 100% dos casos.

Interferência: não se observaram interferências significativas ao utilizar amostras com substâncias ou condições médicas com potencial para afetar o resultado do teste.

*Estudos realizados em 503 pessoas (sensibilidade) e 2051 pessoas (especificidade) dos EUA e União Europeia.
**Falso negativo: uma amostra que se sabe positiva para o marcador alvo e classificada erradamente como negativa pelo teste.
***Falso positivo: uma amostra que se sabe negativa para o marcador alvo e classificada erradamente como positiva pelo teste.

Acerca do VIH

O que é o VIH?

O vírus da imunodeficiência humana (VIH) infecta células do sistema imunológico, destruindo ou prejudicando a sua função. A infeção pelo vírus resulta na deterioração progressiva do sistema imunológico, levando à "imunodeficiência". O sistema imunológico é considerado deficiente quando não consegue cumprir o seu papel de combater infeções e doenças. As infeções associadas à imunodeficiência grave são conhecidas como "infeções oportunistas", pois aproveitam-se de um sistema imunológico enfraquecido.

O que é a SIDA?

A síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA) é um termo que se aplica aos estágios mais avançados da infeção pelo VIH. É definida pela ocorrência de mais de 20 infeções oportunistas ou cancerígenas relacionadas com o VIH.

Como é transmitido o VIH?

O VIH pode ser transmitido através de relações sexuais desprotegidas (vaginais ou anais) e sexo oral com uma pessoa infetada; transfusão de sangue contaminado; e a partilha de agulhas, seringas, equipamentos cirúrgicos ou outros instrumentos cortantes contaminados. Pode também ser transmitido durante a gravidez, o parto ou a amamentação.

Comportamentos de risco

Comportamentos e condições que colocam os indivíduos em risco de contrair o VIH incluem:

  • ter sexo anal ou vaginal desprotegido;
  • ter outra infeção sexualmente transmissível (IST), como sífilis, herpes, clamídia, gonorreia e vaginose bacteriana;
  • partilha de agulhas contaminadas, seringas e outros equipamentos de injeção e soluções de drogas aquando da injeção de drogas;
  • receber injeções não seguras, transfusões de sangue, transplante de tecidos, procedimentos médicos que envolvam cortes ou perfurações não esterilizadas;
  • sofrer uma picada de agulha acidental, inclusive entre profissionais de saúde.

Fazer o Teste

Quando se trata do VIH, conhecer a sua situação é importante.

Faça o download do folheto informativo aqui:

Loading the player...

Autotest VIH é um dispositivo médico de diagnóstico in vitro de utilização única, para deteção de uma infeção VIH ocorrida há pelo menos 3 meses. Não deteta outras infeções sexualmente transmissíveis. Leia as instruções de utilização. Utilizar apenas com uma amostra fresca de sangue capilar. Não utilizar com amostras de soro ou plasma, nem para acompanhamento terapêutico de doentes que estejam a receber terapia antirretroviral. Depois de fazer o teste ou em caso de dúvida, consulte o seu médico. 9/2019/MYLAN/334

Última atualização  03/01/2020